Como podemos ajudar?

Que criptomoedas são suportadas?

Pode comprar ou vender Bitcoin (BTC), Bitcoin Cash (BCH), Ethereum (ETH), Litecoin (LTC), Ripple (XRP), Stellar (XLM), EOS (EOS), OMG Network (OMG), 0x (ZRX), Tezos (XTZ), Bancor (BNT), Cardano (ADA), Filecoin (FIL), Loopring (LRC), Numerai (Numerai), Orchid (OXT), Synthetix (SNX), The Graph (GRT), Universal Market Access (UMA) e Uniswap (UNI), Yearn Finance (YFI).

Bitcoin (BTC) é uma moeda digital utilizada para pagamentos rápidos, seguros e de baixo custo, sem a necessidade de um emissor ou processador central. Foi a primeira moeda descentralizada e foi introduzida em 2009.

Bitcoin Cash (BCH) é um derivado do BTC, que passou por um processo de separação total, após algum debate na comunidade BTC e entre os seus mineradores sobre problemas de escalabilidade e velocidade de transação. O BCH é totalmente independente do BTC e possui tamanhos de bloco maiores, o que significa que é possível processar mais transações em menos tempo.

Ethereum (ETH) é uma plataforma de software que não é controlada por nenhuma autoridade central. A sua finalidade principal é facilitar os "contratos inteligentes" sem qualquer possibilidade de períodos de inatividade, fraude ou interferência de terceiros.

Litecoin (LTC) é uma criptomoeda alternativa semelhante ao BCH. É uma rede de pagamento global de código aberto, peer-to-peer e totalmente descentralizada. O LTC existe como um "blockchain" de software, em que os nós participantes processam a operação e os mineradores fornecem segurança e validação para cada operação.

Ripple (XRP) é uma tecnologia de código aberto, construída para empresas, baseada nos princípios do blockchain. O objetivo principal da Ripple é movimentar ativos em todo o mundo quase instantaneamente, mantendo um controlo centralizado.

Stellar (XLM) é uma rede aberta de moedas e pagamentos. O Stellar torna possível criar, enviar e negociar representações digitais de todo o tipo de dinheiro, seja dólares, pesos, bitcoin ou qualquer outra. Foi concebida de forma a que todos os sistemas financeiros do mundo possam trabalhar em conjunto numa única rede.

EOS é um sistema baseado em blockchain que permite desenvolver, hospedar e executar aplicações descentralizadas (chamadas "dApps") na plataforma. O EOS foca-se nos problemas críticos de blockchain e tenta resolver o problema da velocidade, escalabilidade e flexibilidade que normalmente se tornam um entrave para as dApps.

OMG (OMG Network) é utilizada para integrar várias carteiras eletrónicas através do blockchain OmiseGo. À medida que mais fornecedores de carteiras eletrónicas são adicionados à rede e à medida que emitem mais bens em criptomoeda que podem ser convertidos em blockchain, o OmiseGo acredita que poderá ajudar a fornecer serviços bancários para aqueles que foram excluídos do sistema financeiro. Isto significa que sempre que utilizar um contrato OmiseGo, tem de pagar em OMG, a qual será posteriormente distribuída por nós na rede que impõe contratos de acordo com as regras.

ZRX (0x) é um dos "câmbios descentralizados" mais conhecidos (em oposição a um "câmbio centralizado" como Coinbase). Permite aos programadores desenvolver a sua própria conversão de criptomoedas. O fundador da empresa refere esta solução como a "Craigslist para criptomoedas", no sentido de que qualquer programador pode desenvolver a sua própria conversão de criptomoedas e colocá-la online. A moeda 0x é um token ERC-20 que fornece uma plataforma com a possibilidade de suportar todos os tokens emitidos com o blockchain Ethereum.

XTZ (Tezos), também conhecido por tez ou tezzie, funciona na rede blockchain Tezos. Tezos não é baseado na mineração de tez. Em vez disso, os detentores de token recebem um prémio por fazerem parte da prova de participação do mecanismo de consenso. De acordo com os programadores, o termo "Tezos" significa "contrato inteligente" em Grego antigo.

Bancor (BNT) é um token de Ethereum que potencializa o Protocolo Bancor. O protocolo visa permitir que os ativos de criptomoeda que, tradicionalmente, seriam difíceis de negociar devido a uma liquidez reduzida sejam convertidos diretamente on-chain. O Bancor procura efetuar esta ação ao permitir a determinação automática dos preços e um mecanismo de liquidez automático para tokens de blockchains de contratos inteligentes.

Cardano (ADA) é o token que potencializa o blockchain Cardano, o qual depende de um modelo de consenso de prova de participação denominado Ouroboros. O Cardano valida as operações em blockchain sem grandes custos de energia.

Filecoin (FIL) é o token de protocolo nativo da rede Filecoin. Filecoin é uma rede de armazenamento descentralizada que procura permitir que qualquer pessoa armazene, receba ou seja o anfitrião de informações digitais. O Filecoin torna o armazenamento na nuvem num mercado e permite que os utilizadores vendam o seu armazenamento em excesso a uma plataforma aberta.

Loopring (LRC) é um token de Ethereum que suporta o protocolo Loopring. O protocolo é um conjunto de contratos inteligentes de Ethereum que descrevem como criar câmbios altamente seguros, escaláveis e à base de pedidos, criadores automáticos de mercados e apps de pagamento. O objetivo do Loopring é promover a descentralização e reduzir a dependência dos utilizadores em serviços centralizados tradicionais, tais como os câmbios, e ajudar a permitir os mercados globais líquidos.

Numerai (Numerai) é um fundo de cobertura que se define como "o torneio de ciência de dados mais difícil do mundo", com recompensas em NMR, um token de Ethereum. O objetivo do torneio é criar modelos de dados Numerai eficazes de forma a aumentar a produtividade dos investimentos.

Orchid (OXT) é um token de Ethereum que potencializa a rede Orchid. O Orchid concentra-se em disponibilizar uma rede privada virtual (VPN). Os utilizadores que queiram utilizar a rede para manter a privacidade enquanto utilizam a Internet, podem fazer uso do OXT para comprar largura de banda a vendedores indicados num diretório de fornecedores armazenado num contrato inteligente de Ethereum.

Synthetix (SNX) é um protocolo descentralizado de emissão de ativos sintéticos baseado em Ethereum. Estes ativos sintéticos são colateralizados pela Synthetix Network Token, SNX, um token de Ethereum que permite a emissão de ativos sintéticos denominados Synths. Os Synths permitem que moedas, bens, ações e indicadores reais sejam representados diretamente no blockchain.

The Graph (GRT) é o token de Ethereum que potencializa o Graph Network, um protocolo de indexação para consultas que pretende permitir que os utilizadores consultem os dados do blockchain de forma eficaz e sem dependerem de um fornecedor de um serviço centralizado. De modo semelhante à forma como a Google indexa a Web, o The Graph indexa os dados do blockchain.

Universal Market Access (UMA) é uma plataforma de contratos financeiros e um token de Ethereum criado para permitir o Universal Market Access no Ethereum. A plataforma foca-se em modelos de contratos financeiros "sem preço" (contratos que não requerem um feed de preço on-chain para funcionarem), os quais podem ser utilizados para criar tokens sintéticos e um Data Verification Mechanism (Mecanismo de validação de dados [DVM]), um serviço de oráculo otimista. Em conjunto, estas duas tecnologias permitem a criação de derivados rápidos, eficientes e seguros no blockchain Ethereum.

Uniswap (UNI) é um token Ethereum que potencializa o Uniswap, um câmbio que permite aos utilizadores negociarem facilmente diferente ativos de Ethereum de uma forma descentralizada, e utiliza um sistema automático de criação de mercados no lugar de uma carteira de pedidos tradicional.

Yearn Finance (YFI) é um token Ethereum que controla a plataforma Yearn Finance. Yearn Finance é um conjunto de produtos que fornece agregação de empréstimos, geração de produtividade e seguros no blockchain Ethereum. O protocolo é mantido por vários programadores independentes e é regido pelos proprietários do YFI.

Artigos relacionados