Como podemos ajudar?

Loading...

Revolut para viagens

Não precisa de nos dizer quando planeia viajar. Para tornar a sua experiência no estrangeiro o mais tranquila e agradável possível, temos algumas dicas e conselhos úteis:

Valide a sua identidade

Tem de validar a sua identidade antes de ir de viagem! A sua conta Revolut não irá ficar operacional enquanto não tivermos a certeza de que está em conformidade com os regulamentos financeiros. Este processo demora normalmente menos de cinco minutos. Para validar a sua identidade, aceda à secção "Perfil" para submeter a sua fotografia, os seus documentos de identificação com fotografia e, em alguns casos, o seu visto ou autorização de residência.

Tenha o seu cartão à mão

Vai precisar de pedir um cartão físico para pagamentos e levantamentos de dinheiro que exigem a apresentação do cartão. Certifique-se de que pede atempadamente o seu cartão físico, pois, em alguns casos raros, este poderá demorar mais do que o esperado a chegar. Para ativar os pagamentos contactless, é necessário efetuar uma operação normal com o chip e o PIN.

Adicione dinheiro antes de partir

{{^in_SG}A melhor forma de carregar uma grande quantidade de dinheiro para a sua conta Revolut é através de uma transferência bancária. {{/in_SG} Se efetuar um carregamento com cartão, recomendamos que ative a opção de adicionar dinheiro automaticamente para não precisar de se preocupar com fundos insuficientes durante a viagem. Também deverá verificar o seu cartão de depósito antes de partir, para que todas as suas operações decorram sem problemas enquanto estiver fora de casa.

Opte por fazer os pagamentos na moeda local

Alguns multibancos ou terminais POS ("ponto de venda", do inglês "point of sale") podem perguntar se deseja completar a operação "com conversão" ou "sem conversão" e, nesse caso, deve selecionar sempre "sem conversão". Se selecionar "com conversão" ou aceitar a taxa proposta, o fornecedor de multibanco ou operador comercial poderá aplicar a sua própria taxa de câmbio, que não corresponde à taxa interbancária. Regra geral, deve optar sempre por cobranças na moeda local do país em que se encontra. Se estiver na Tailândia, escolha o baht tailandês, em Espanha, o euro e, nos Estados Unidos, o dólar americano.

Artigos relacionados